segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Atividades para o 3º ano


A raposa e as Uvas

Uma raposa passou por baixo de uma parreira carregada de uvas. Ficou logo com muita vontade de apanhar as uvas para comer.
Deu muitos saltos, tentou subir na parreira, mas não conseguiu.
Depois de muito tentar foi-se embora, dizendo:
- Eu nem estou ligando para as uvas. Elas estão verdes mesmo...

                                     Ruth Rocha. Fábulas de Esopo, São Paulo, FTD,1992.



1- No texto acima, a expressão grifada SE substituiu:

a) a raposa
b) as uvas
c) a parreira
d) Ruth Rocha



2- Quem é a autora do texto?

a) A raposa
b) São Paulo
c) FTD
d) Ruth Rocha


Venha logo me visitar. Você vai ver que lindas praias temos no litoral de São Paulo.



3- De onde foi copiada esta frase?

a) anúncio
b) carta
c) jornal
d) livro



Naquela tarde, que estava chuvosa, saí com um vestido, que era vermelho, para visitar meu amigo, que estava resfriado. Na praça, que fica perto do cinema, encontrei minha tia, que ficou contente de me ver.


4- A que se refere a palavra que sublinhada no texto?

a) amigo resfriado
b) tarde chuvosa
c) tia contente
d) vestido vermelho


Querido Marcelo,

Parabéns por estar estudando mais. As suas notas até já melhoraram! Gostaria que, agora, você aumentasse um pouco o tamanho da sua letra. Ás vezes, fica difícil ler o que escreve de tão pequeno.

Um beijo da Professora Tereza


5- A palavra difícil no texto, tem o mesmo sentido que:

a) perigoso
b) improvável
c) complicado
d) desfavorável

Lúcia saiu de casa toda prosa, com seus sapatos novos. Estava se sentido uma princesa, com aqueles sapatinhos brancos! De repente... BRUM! Um trovão e, logo, logo, a maior chuva! “Meus sapatos!” Pensou ela, apavorada. Mas teve uma idéia: tirou os sapatos, escondeu-os embaixo do braço e seguiu seu caminho, descalça, brincando nas poças d’água.


6- Que solução Lúcia encontrou?

a) Esconder-se da chuva
b) Esperar a chuva passar
c) Limpar os sapatos novos
d) Tirar os sapatos novos



Valmir estava lendo uma revista e encontrou uma palavra que não conhecia.



7- Onde ele foi procurar o significado?

a) Atlas
b) Dicionário
c) Enciclopédia
d) Lista telefônica



Carmem pôs a sopa no prato de Carlinhos e ele reclamou:
- Sopa de novo? Esta casa parece um hospital...


8- O que Carlinhos quis dizer?

a) Ele não gosta de hospital
b) O prato está muito cheio
c) Sopa é comida de doente
d) Ninguém gosta de sopa.


Se eu fosse tomate

Se eu fosse um tomate ia ser duro, porque, sinceramente odeio tomate.
A pior coisa da vida, pior que chuva nas férias, nota baixa ou ser pego em flagrante, e a gente não gostar da gente mesmo.


9- Para o menino, qual é a pior coisa da vida:

a) nota baixa
b) não gostar da gente mesmo
c) ser pego em flagrante
d) chuva nas férias



Numa viagem de carro de São Paulo a Brasília, a gente atravessa os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, até chegar ao Distrito Federal. Pode-se passar umas horas divertidas em Araxá, Minas Gerais, que tem um balneário muito interessante. Em Ribeirão Preto, São Paulo, vale a pena conhecer o Parque da Cidade. A cidade de Cristalina, em Goiás, tem pedras semi-preciosas de todas as cores.



10- Onde fica o Parque da Cidade?

a) Distrito Federal
b) Goiás
c) Minas Gerais
d) São Paulo.





Muita gente acredita que faz mal comer manga com leite. Há muito tempo essa crença passa de pais para filhos. Mas o médicos afirmam que não há problema, pois essa mistura nunca faz mal.



11- Qual a opinião dos médicos?

a) Essa mistura nunca faz mal.
b) Há tempo as pessoas pensam assim.
c) Manga com leite faz mal.
d) Muita gente acredita que faz mal.



O Trem de Ferro

O dono da fazenda estava na rede na varanda de casa, quando veio um carro buzinando, calmamente ele foi abrir o portão e desceram os engenheiros.
- Viemos informar que a nova ferrovia vai passar dentro de sua fazenda. Disse um dos engenheiros.
- Ferr... o que, moço?
- Ferrovia... o trem de ferro!- Repetiu o engenheiro.
- O senhor ta dizendo que o trem vai passar aqui dentro da minha fazenda?
- Exatamente.
Então, calmamente o fazendeiro disse:
- Olha aqui moço. Se o trem quiser vir, pode vir. Mas se ta achando que, todo dia, eu vou abrir a porteira pra ele passar , ta muito enganado.

                                       Ziraldo, anedotinhas do Bicho da Maça São Paulo:Melhoramentos.



12 – Os engenheiros chegaram à fazenda para informar ao dono que:

a) Eles eram os novos donos da fazenda
b) O trem de ferro passaria dentro da fazenda dele
c) Ele precisaria abrir a porteira todos os dias
d) A ferrovia queria comprar sua fazenda


13 – Quem é Ziraldo?

a) O dono da fazenda
b) O engenheiro
c) O autor do texto
d) O dono da ferrovia



 Joãozinho se queixou à mãe:

- Mãe, tem um percevejo na parede.
- Cale a boca, João. E não é percevejo. É prego.
- Mãe, tem um percevejo na parede.
- Não amole. Já disse que é um prego.
- Mãe... tem um prego andando na parede.

14 – A anedota poderia fazer parte de um livro que tivesse como objetivo:

a) Oferecer ao leitor textos curtos e divertidos
b) Explicar como é possível um prego andar na parede
c) Informar sobre fatos que aconteceram de verdade
d) incentivar a coleção de pregos


O urubu chegou para o sapo e disse:
- Vai ter festa no céu.
O sapo abriu o bocão e falou:
- Oooooooooooooobaaaa!!!!!

15 – O que indica as exclamações?

a) Alegria
b) susto
c) Dúvida
d) Tristeza



São Paulo, 10 de junho de 1997.

Elisa

Estamos morrendo de saudades de você. Justo agora que você se mudou pra tão longe, o pessoal da rua inventou uma que você ia gostar.
Sabe o Jorginho, A mãe dele deixou a gente brincar no porão da casa dele.
Pena que você não está aqui! Quem sabe a sua mãe traz você no sábado. Você podia dormir em casa. De Itaquera até aqui é longe mas acho que dá. Vocês vêm de ônibus, não é? Faz uma força.
Dá uma resposta pra gente. Todo mundo ta mandando um beijão pra você.

Antonia


16- Esse texto é:

a) um anúncio
b) uma propaganda
c) uma carta
d) uma história


As faixas de segurança para pedestre são pintadas no asfalto e indicam por onde as pessoas devem atravessar a rua. Os motoristas devem parar o carro antes das faixas.

17- No texto acima, a palavra pedestre quer dizer:

a) Pessoas que dirigem carro
b) Pessoas que andam pela rua a pé
c) Pessoas descalças

 
Ciranda da Bailarina

Procurando bem

Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina
E tem pirir, tem lombriga, tem ameba
Só a bailaria que não tem
E não tem coceira
Berruga nem frieira
Nem falta de maneira
Ela não tem

Futucando bem
Todo mundo tem piolho
Ou tem cheiro de creolina
Todo mundo tem um irmão meio zarolho
Só a bailarina que não tem
Nem unha encardida
Nem dente com comida
Nem casca de ferida
Ela não tem

Não livra ninguém
Todo mundo tem remela
Quando acorda às seis da matina
Teve escarlatina
Ou tem febre amarela
Só a bailarina que não tem

Medo de subir, gente
Medo de cair, gente
Medo de vertigem
Quem não tem

Confessando bem
Todo mundo faz pecado
Logo assim que a missa termina
Todo mundo tem um primeiro namorado
Só a bailarina que não tem
Sujo atrás da orelha
Bigode de groselha
Calcinha um pouco velha
Ela não tem



O padre também
Pode até ficar vermelho
Se o vento levanta a batina
Reparando bem, todo mundo tem pentelho
Só a bailarina que não tem
Sala sem mobília
Goteira na vasilha
Problema na família
Quem não tem

Procurando bem
Todo mundo tem...

Edu Lobo e Chico Buarque

1.      Qual o titulo do poema?
2.      Quem á a personagem principal do poema?
3.      Você acha que a bailarina é como no poema? Justifique sua resposta.
4.      Quantas estrofes tem o poema?
5.      Descreva a bailarina do poema.
6.      No verso da folha ilustra o poema.








As aventuras de Pedro Malasarte

Ah, mês de abril que delicia de existir! Também para Pedro Malasarte.
Vou contar: como o pai tinha morrido, a mãe dividira em pedaços a casa toda, dando-os a cada filho. A Pedro Malasarte coube uma porta. Ele pensou: com esta porta conquistarei o mundo. Realmente, em breve viu um urubu pousado num burro morto mais que depressa jogou o a porta em cima deles – e como o urubu ficou manco, foi fácil pegá-lo para que queria ele um urubu? Lá disso sabia ele. E quando sentiu no ar os eflúvios de  um jantar magnífico, bateu à porta da casa de uma senhora, gulosa e sabia, que estava preparando para si mesma um banquete escondido do marido que fora viajar. Malasarte foi irritadamente expulso pela sabidona e sua criada. Então com o auxilio da porta encostada na parede, subiu ao teto e de lá viu embaixo comida boa pra valer. Tinha leitão assado, peru, e tudo mais que delicia um homem. Foi quando o marido chegou, inesperadamente. A mulher matreira lamentou –se : se eu soubesse que você vinha preparava coisa boa de se comer , mas como não te esperava só tenho carne – seca , feijão ralo e farinha morrinhenta...
Aí, Malasarte apresentou – se de novo com seu urubu, sabendo que o marido não lhe recusaria um pouco do minguado jantar. Mal começara a comer quando Malasarte deu, bem disfarçado, uma cutucada no urubu, que gemeu.
- Por que é que ele está se lamentando? Perguntou o dona da casa.
- Está dizendo umas novidades, respondeu Malasarte. O meu urubu, ao contrario dos outros, fala e está me contando que sua mulher lhe guardou um leitãozinho assado de surpresa...
A mulher teve medo de Malasarte e disse: oh urubu danado, estragou a surpresa! Tenho mesmo este leitãozinho para você...
Daqui a pouco o urubu gemeu de novo, o que fez Malasarte dizer:
- Ô urubu intrometido para de me contar!
- O que é que ele está contando?
- Que tem peru receado.
- Meu maridinho, essa era outra surpresa que o urubu desaforado estragou. Mas coma um pouco deste peru. Eu tenho doces, frutas, bebidas...
Como era 1º de abril, dia de se enganar os outros, Malasarte vendeu o precioso urubu ao dono da casa para lhe servir de espião.
Bem alimentado, Malasarte prosseguiu caminhando com a porta debaixo do braço.

Interpretação do texto

1.                  Neste texto o narrador é personagem da história?
2.                  Quem são as personagens da história?
3.                  Existe uma relação entre o nome Pedro Malasarte e suas atitudes? Justifique sua reposta. 
4.                  Na sua opinião Malasarte sabia desde o inicio o que iria fazer com a  porta?
5.                  Na sua opinião o marido acreditou que a mulher havia lhe preparado um banquete para lhe fazer surpresa? Justifique sua resposta.
6.                  O que você achou a da atitude da mulher com o seu marido? Justifique sua resposta.E a atitude de Malasarte para com a mulher? Justifique sua resposta.

7.                  Você já sabe que, na história “ As aventuras de Pedro Malasarte”, o narrador não é personagem. Veja como ele conta este trecho da história.
Aí, Malasarte apresentou – se de novo com seu urubu, sabendo que o marido não lhe recusaria um pouco do minguado jantar. Mal começara a comer quando Malasarte deu, bem disfarçado, uma cutucada no urubu, que gemeu.

Agora escreva o trecho como se Malasarte  fosse o narrador.



































O patinho feio
Num bosque, perto de um lago, uma pata fez seu ninho. O patinho que nasceu por último
era feio e passou a ser maltratado pela mãe, pelos irmãozinhos e pelos outros patos.
Um dia, não suportando mais, o patinho feio foi embora. Ele viveu, então, muitas aventuras
e passou por outros sofrimentos.
Finalmente, se viu num magnífico jardim. Aí encontrou três belos cisnes e descobriu que
ele era, na verdade, um cisne, um lindo cisne.
1. Copie o título desse conto.
______________________________________________________________________________
2. Quem é a personagem principal da história?
( ) um pato
( ) um gato
3. Qual é a característica principal desse personagem?
( ) Ser considerado feio.
( ) Ser esperto.
4. Onde se passa a história?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
5. Escreva ao lado de cada frase apresentação, desenvolvimento e desfecho.
a) Num bosque, perto de um lago, uma pata fez seu ninho. O patinho que nasceu por último
era feio e passou a ser maltratado pela mãe, pelos irmãozinhos e pelos outros patos.
__________________
b) Finalmente se viu num magnífico jardim. Aí encontrou três belos cisnes e descobriu que ele
era, na verdade, um cisne, um lindo cisne. ________________
c) Um dia, não suportando mais, o patinho feio foi embora. Ele viveu, então, muitas aventuras e
passou por outros sofrimentos. ___________________
O filho mais novo de um lavrador recebeu de herança do pai apenas um gato. O moço ficou
muito triste e não sabia o que fazer com o animal. O gato pediu, então, a seu novo dono um
par de botas e um saco de milho e, em troca, prometeu ser-lhe muito útil. No final, o gato tornou
seu amo um rico marquês e este acabou se casando com a filha do rei.

6. Quem é o personagem principal da história?
( ) Um lavrador
( ) Um rico marquês
( ) A filha do rei
( ) O gato de botas

7. Sublinhe no texto a frase que indica o final da história.

8. Assinale a resposta correta.
( ) O conto é uma história que tem apresentação, desenvolvimento e desfecho.
( ) O conto é uma história sem fim.




































O circo
Rufem os tambores! Hoje tem marmelada, sim senhor! Tem também olhos atentos, sorrisos
largos e muitos aplausos. É o circo em ação! Lugar de alegria e diversão. Uma das mais antigas
artes do mundo, que se originou em meio aos povos viajantes.
De estrutura circular e coberto de lona, o circo tradicional é formado geralmente por famílias.
No picadeiro, não faltam as confusões dos palhaços, os engolidores de fogo, os trapezistas e
as ilusões do mágico. Destacam-se, ainda, os números dos
domadores que comandam leões, elefantes e fazem atuar os macacos.
Nos dias de hoje, porém, existe um movimento chamado Novo Circo. Ele combina os malabarismos
e as acrobacias do circo tradicional com técnicas de dança e teatro. As apresentações
contam com efeitos de luzes, música e roupas multicoloridas. Nessa nova tendência da arte circense,
não há mais a presença de animais.
Os estilos de circo variam, porém o importante é manter um espetáculo de alegria, mágica
e fantasia como forma de diversão.

9. O texto “O circo” é:
( ) Um poema
( ) Um texto expositivo
( ) Um conto

10. Qual é o assunto principal do texto.
( ) Dar informações sobre o circo.
( ) Convidar crianças para irem ao circo.

11. Neste texto são comparados dois elementos. Quais são eles?
( ) Circo tradicional e Novo Circo
( ) Palhaços e trapezistas

12. Assinale as características do Novo Circo.
( ) Não há mais a presença de animais.
( ) Há muitos palhaços
( ) Apresenta dança e teatro
( ) Espetáculos de acrobacias

13. Números com leões, macacos e elefantes é uma característica do circo
( ) tradicional
( ) novo

14. Assinale a resposta correta.
( ) O texto expositivo conta uma história inventada.
( ) O texto expositivo pode explicar algo, expor ideias e dar informações sobre um assunto.

15. Coloque C para conto e E para texto expositivo.
( ) O patinho feio
( ) O circo


d) Pessoas que pintam 











Um comentário: